Princípios do motorista

por Cleber Ricci Anderson - guia "Bike na Rua"


Máximo de 40 km/h nas ruas

     A lei diz que em ruas mais tranquilas, mais estreitas, a velocidade máxima de um automóvel DEVE SER de 40 km/h. O respeito a esta lei é pré-requisito fundamental para o sucesso da filosofia Bike Na Rua. Um ciclista trafega normalmente entre 10 e 40 km/h. Acontecendo um choque entre ambos, o impacto resultante terá no mínimo 1 e no máximo 40 km/h, já com grandes chances de tornar-se um acidente grave.

     O velocímetro foi colocado bem a vista. Tenha o hábito de sempre controlar sua velocidade.
Lembre-se: o ciclista tem a preferência do canto direito.




Ultrapassagem

     Manter no mínimo 1 metro de distância ao ultrapassar uma bicicleta. Um automóvel que passa muito próximo pode assustar o ciclista e causar um acidente. Se não houver espaço suficiente, espere um momento de maior segurança. Perceba as intenções do ciclista. Quase sempre não adianta ter pressa, o farol lá na frente pode estar fechado. Além disso, com motor é mais fácil retomar a velocidade do que pedalando.

Cruzamentos

     Caso você encontre um ciclista que já tenha iniciado a passagem por um cruzamento ou rotatória, ceda a sua vez. A lei diz: cede a vez aquele que chega depois no cruzamento. Nunca devemos esquecer a covardia da força de um motor e um peso 80 vezes maior de um automóvel em relação a um ciclista ou pedestre.

Conversão

     Ao fazer conversões à direita, verifique se não vai fechar um ciclista vindo de trás. Sendo assim, aguarde-o passar antes de continuar seu caminho. Procure perceber isto com antecedência, a preferência é do ciclista que não tem como frear se você cruzar-lhe a frente.