Normas de conduta

por Cleber Ricci Anderson - guia "Bike na Rua"


As mesmas leis

     Para que haja harmonia no trânsito, todos os veículos devem seguir suas leis específicas. Estarão, desta forma, falando a mesma língua, se entendendo, buscando harmonia.

Nunca na contramão

     Andar na contramão é chegar nos carros mais depressa! No cruzamento, os motoristas poderão estar olhando para o outro lado. Pedalando no mesmo sentido dos carros, não existirão forças em sentido contrário, e a diferença de velocidade entre o ciclista e o carro é muito menor. Desta forma, evitaremos o choque frontal, o pior de todos.

Pela direita

     A lei diz: "Veículos lentos à direita". Ficar sempre a um metro da calçada ou de um obstáculo. Nas ultrapassagens, procurar seguir na sua faixa fazendo-as com cautela com a certeza de que os motoristas estão cientes de sua posição. Mudar de faixa somente em situações de congestionamento, quando a faixa da direita estiver obstruida, mantendo-se à direita da próxima faixa e voltando às bordas da pista logo que possível.

Entrar à esquerda

     Buscar a melhor forma de entrar à esquerda. Se for preciso, vá até a calçada e atravesse como pedestre, empurrando a bike.

Controle da velocidade

     Não é por sermos “apenas” ciclistas que não poderemos causar estragos. Assim como qualquer meio de transporte, devemos respeitar a mesma velocidade de um carro, ou seja, no máximo 40km/h nas ruas. Em avenidas, procurar pedalar o mais rápido possível. Não abusar em descidas.

Cordialidade

     Agradecer qualquer gentileza concedida pelo motorista. Boa educação é a base para um trânsito mais saudável. Sempre que possível, ceder a vez ao pedestre. Uma bicicleta é um veículo e, assim sendo, está sujeita às leis do trânsito. Respeite as normas estabelecidas para poder exigir seus direitos!

Calçadas

     Quando transitar por calçadas, portar-se como pedestre, ou seja, andar empurrando a bicicleta. Nunca estacione numa faixa de pedestres: uma bike, de perfil, ocupa muito espaço forçando-os a um caminho maior.

Evitar avenidas

     O melhor caminho para as bicicletas são as ruas, e quanto mais tranquilas, melhor. Evitar avenidas é aumentar muito a probabilidade de nunca ter nenhum problema com acidentes.